-A +A

Blog do IHD

Inscreva-se

Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Encontre-nos

Encontre Instituto Heron Domingues no FacebookEncontre Instituto Heron Domingues no Google+Encontre Instituto Heron Domingues no LinkedIn

Governança: uma nova abordagem para a Gestão dos Projetos

Projetos parecem fadados ao insucesso, mesmo aqueles conduzidos por profissionais qualificados, com certificações internacionais fornecidos por instituições como o PMI (Project Management Institute), entre outras que propõem boas práticas e certificam o conhecimento do profissional. O fato é que os projetos continuam não entregando o que prometem, não cumprindo prazos, custos e muitas vezes nem mesmo a qualidade. Ferramentas de gestão que apoiam e facilitam o planejamento e condução de projetos, informações disponíveis, equipes treinadas e no entanto, os projetos continuam falhando.

Armando Terribili Filho em seu artigo A maior contribuição da nova edição do PMBOK: governança de projetos”, realça, a respeito do PMBOK (Project Management Body of Knowledge/Corpo de Conhecimento do Gerenciamento de Projetos): “o guia destaca que o PMO (Escritório de Projeto) tem papéis decisivos, quanto ao envolvimento dos stakeholders (partes interessadas no projeto), bem como, ter políticas, procedimentos e padrões documentados e clareza na definição de autoridade e responsabilidades no projeto.” A nova versão do PMBOK fornece um direcionamento para os processos de gestão de projetos alinhados aos conceitos de Governança. Também destaca a criação de uma nova área de conhecimento – Partes Interessadas.

Ao avaliarmos os 11...Ler mais

Formação Corporativa em Projetos

Historicamente, a condução dos projetos é entregue a profissionais que adquiriram experiência técnica e assim se habilitam a conduzir as equipes para a execução das atividades de realização do projeto. Muitas vezes estes excelentes técnicos não têm a formação nem as características de conduzir pessoas a um objetivo. Fica claro, hoje, que o gerente de projetos, por mais importante que seja sua responsabilidade na coordenação dos trabalhos de um projeto, não possui o poder e capacidade de garantir o sucesso de um projeto. O trabalho é eminentemente em equipe e depende de cada elo desta corrente. Um elo que falha a corrente se quebra.

Que tipo de formação, devemos abordar para fortificar estes elos e impedir que se quebrem? Abaixo apresento a visão do IHD de formação em gerenciamento e equipes de projetos para que possamos atingir um desempenho superior na geração dos resultados dos projetos traduzidos em menores custos para as empresas e maior taxa de retorno sobre os investimentos.

1) A formação não pode ser restrita ao gerente de projetos e em gerenciamento de projetos. Este é apenas um dos papéis no projeto, mas não é o único, o...Ler mais

Templates - O ferramental que apoia a Gestão dos Projetos

Conduzir projetos orientados por documentos padronizados trazem as vantagens de termos diversos projetos conduzidos em conformidade com os mesmos princípios e principalmente orienta o trabalho do Gerente de Projetos não o deixando esquecer informações necessárias e relevantes.

Existem vários templates importantes e neste terceiro post sobre o tema estaremos compartilhando 7 templates de Planejamento do Tempo:

1. Lista de Atividades - Identifica todas as atividades em que devem ser executados trabalhos e gasto tempo no projeto.

2. Atributos da Atividade - Especifica as características de cada atividade em relação ao relacionamento com outras atividades, recursos necessários, premissas e restrições.

3. Estimativa de Duração das Atividades - Registra as estimativas para a duração de cada atividade.

4. Requerimentos dos Recursos das Atividades - Especifica os requerimentos dos recursos necessários em cada atividade. Contempla recursos humanos e materiais.

5. Diagrama de Rede - Estrutura, de forma gráfica, a sequência de execução das atividades e permite o cálculo do caminho crítico do projeto.

6. Cronograma do projeto - Sequência de execução das atividades, a partir de um calendário, considerando a alocação dos recursos, as durações, premissas e restrições.

7. Lista de Marcos - Apresenta as datas de importantes entregas do...Ler mais

Benefícios da Certificação PMP®

Existem muitas certificações para gerentes de projeto que apresentam uma série de benefícios para os profissionais e organizações. Então, por que a certificação PMP (Project Management Professional) do PMI (Project Management Institute) é única?

A certificação PMP se distingue pelo desenvolvimento e aplicação global, o que a torna válida em todos os países e indústrias. A função e as tarefas dos gerentes de projeto do mundo inteiro são pesquisadas e documentadas para definir a certificação PMP. A força da certificação PMP vem do fato de ser portátil e não estar atrelada a um único método, um padrão ou à uma organização.

Continue a leitura para saber mais sobre o motivo do programa de certificação do PMI ser altamente valorizado por governos, organizações e profissionais:

Um programa reconhecido internacionalmente e credenciado no mundo inteiro

O programa de certificação do PMI existe desde 1984, quando a certificação PMP foi lançada, estabelecendo-a como a primeira credencial desenvolvida especificamente para comprovar a experiência de profissionais em gerenciamento de projetos. Desde então, o PMI tem continuado a proporcionar para gerentes de projetos um programa de certificação abrangente para profissionais com diferentes níveis de instrução e experiência. As certificações do...Ler mais

MS-Project – Ferramenta e Conceitos

Para condução de projetos com média complexidade para cima, a utilização de um software de apoio ao gerenciamento se faz imprescindível, haja vista a necessidade de explicitar e controlar as entregas definidas pelo escopo do projeto, decompor e sequenciar as atividades, alocar recursos e custos, sem falar em toda a complexidade das mudanças no decorrer da execução do projeto.

São tão visíveis as vantagens de utilização de softwares de gerenciamento de projetos que, infelizmente, as organizações, constantemente são levadas a um erro de avaliação e entendem que o software substitui uma metodologia ou mais ainda, conceitos de gerenciamento de projetos. Inicia-se, muitas vezes, a implementação de uma cultura de gerenciamento de projetos com a implantação do software de gerenciamento de projetos.

O MS-Project por ser o software mais popular deste segmento e sendo de uso amigável, permite que muitos profissionais se aventurem a planejar projetos, criando listas de atividades sem ter o adequado conhecimento dos conceitos e boas práticas que sustentam a condução de um projeto com maior chance de sucesso. Quando o projeto não funciona, por deficiência do conceito ou mesmo, por falta de conhecimento das funcionalidades do software, buscam-se culpados onde não existem.

Alguns...Ler mais

Páginas