-A +A

Blog do IHD

Inscreva-se

Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Encontre-nos

Encontre Instituto Heron Domingues no FacebookEncontre Instituto Heron Domingues no Google+Encontre Instituto Heron Domingues no LinkedIn

Crise no mercado de trabalho, e agora?

Crise no Mercado de Trabalho, e agora?
Se cadastre e receba o gabarito das questões abaixo.

Passou o carnaval e a Santa Semana, as notícias continuam apontando, não para uma perspectiva de crise, mas para os efeitos dela em nosso dia a dia. A crise política, exposta pelos esquemas de corrupção em um Lava Jato conduzido, para efetuar uma limpeza no que for irremediavelmente exposto, com o cuidado de preservar o interior do aspirador que mexeria com as poeiras mais escondidas. O impacto na maior e principal empresa brasileira, tem seu reflexo, em cascata, nas empresas que orbitam a sua volta. Reduções salariais em renegociações de contratos, atrasos de pagamentos, redução drástica de investimento, refletindo na redução de vagas. Esta realidade é atual e presente, principalmente no mercado do Rio de Janeiro, que há vários anos tem como ponto central de seu desenvolvimento a indústria petrolífera.

Somando a isto, a ameaça do PL 4330 que muda as regras do trabalho terceirizado, que por um lado abre possibilidades de novas oportunidades pela permissão da terceirização da atividade fim da organização, porém trás a grande ameaça da deterioração dos benefícios trabalhistas...Ler mais

Categoria: 

Certificação PMP ou Prince2? Qual é a melhor?

Uma discussão que tem o potencial de explodir nos próximos anos: devo me tornar um PMP ou obter uma das certificações PRINCE2? Qual certificação é mais relevante e tem melhor custo-benefício para as empresas?

Embora a certificação PMP exista desde 1984, no Brasil as empresas começaram a adotá-la e reconhecê-la apenas em meados do ano 2000. Desde então, o PMBOK se tornou a referência praticamente exclusiva em metodologia de gestão de projetos.

Mas o Brasil não é uma ilha, enquanto a certificação PMP cresce em reconhecimento pelo mundo, tendo mais de meio milhão de certificados, outras propostas de certificação surgiram e já possuem até maior popularidade.

Em 1989, na Inglaterra, esta sim uma ilha, o PRINCE2 (PRojects IN Controlled Environments) foi concebido dentro da agência de TI e telecomunicações britânica. Adotada inicialmente por diversos órgãos governamentais britânicos, já ultrapassou as fronteiras de uma metodologia exclusivamente de instituições públicas, e se firmou como o grupo de certificações em gestão de projetos mais popular na Europa, com cerca de 1 milhão de pessoas certificadas.

Então, qual é a diferença entre as duas? E qual é a melhor para minha carreira?

Você deve saber que existe uma grande...Ler mais

Categoria: 

Governança: uma nova abordagem para a Gestão dos Projetos

Projetos parecem fadados ao insucesso, mesmo aqueles conduzidos por profissionais qualificados, com certificações internacionais fornecidos por instituições como o PMI (Project Management Institute), entre outras que propõem boas práticas e certificam o conhecimento do profissional. O fato é que os projetos continuam não entregando o que prometem, não cumprindo prazos, custos e muitas vezes nem mesmo a qualidade. Ferramentas de gestão que apoiam e facilitam o planejamento e condução de projetos, informações disponíveis, equipes treinadas e no entanto, os projetos continuam falhando.

Armando Terribili Filho em seu artigo A maior contribuição da nova edição do PMBOK: governança de projetos”, realça, a respeito do PMBOK (Project Management Body of Knowledge/Corpo de Conhecimento do Gerenciamento de Projetos): “o guia destaca que o PMO (Escritório de Projeto) tem papéis decisivos, quanto ao envolvimento dos stakeholders (partes interessadas no projeto), bem como, ter políticas, procedimentos e padrões documentados e clareza na definição de autoridade e responsabilidades no projeto.” A nova versão do PMBOK fornece um direcionamento para os processos de gestão de projetos alinhados aos conceitos de Governança. Também destaca a criação de uma nova área de conhecimento – Partes Interessadas.

Ao avaliarmos os 11...Ler mais

Construção de Carreira

Construção de Carreira

Em nosso último Post levantamos a questão de como pavimentar o futuro de nossa vida profissional em um horizonte de cinco a dez anos?

Apontamos a necessidade de olhar a carreira e a si mesmo como uma Unidade de Negócio. Ter clara a missão que se propõem  na sociedade e levar em consideração aspectos como: Prazer e motivação; habilidade e formação; reconhecimento de valor pela sociedade.

A expectativa de vida média do brasileiro, de acordo como o IBGE, encontra-se em 72,7 anos. Considerando que é uma média e escrevemos para as classes mais afortunadas, com boa alimentação, acesso a médicos, educação, cultura e outros itens que definem uma boa qualidade de vida, este valor de ser estimado para mais.

Inerente ao avanço na expectativa de vida, o avanço na qualidade de vida na terceira idade teve uma importante alteração nas necessidades e expectativas desta faixa etária. As pessoas, normalmente são produtivas com facilidade até os 70 anos, lembrando que 65 anos é a idade “produtiva” considerada pelo INSS.

Com base nestes números é que devemos planejar e pensar em nossa carreira. Para quem está saindo da Faculdade...Ler mais

Categoria: 

Páginas